Atropelamento em prova de Dirty Cars mata piloto

Um acidente envolvendo Tony Stewart, três vezes campeão da NASCAR Sprint Cup, resultou na morte do piloto Kevin Ward Jr., de 20 anos de idade. Durante uma prova de dirt track da Empire Super Sprints, no último sábado (9), em Nova York, Ward acabou sendo atropelado no meio da pista.

De acordo com testemunhas e vídeos gravados das arquibancadas, depois de ser tirado da prova por Stewart, Ward saiu de seu carro, jogando as mãos para cima em frustração, e caminhou indignado em direção ao adversário para discutir, quando a bandeira amarela estava em vigor na prova.


O carro de Stewart atingiu Ward, que ficou sob a gaiola do piloto da Nascar antes de ser jogado vários metros em direção ao muro. Ward foi declarado morto na chegada ao hospital mais próximo. As imagens sugerem que o veterano muda a rota do seu veículo, acertando o jovem piloto de dirt track.

Stewart deveria participar neste domingo de uma corrida da Nascar, em Watkins Glen, mas a equipe Stewart-Haas Racing, na qual Stewart compete e é co-proprietário, emitiu um comunicado dizendo que ele ficaria de fora da corrida, com Regan Smith assumindo o carro número 14. 

O Escritório do Xerife do Condado de Ontário (NY) emitiu uma declaração dizendo que Stewart cooperou plenamente com a investigação, e não foi preso. O gabinete do xerife já teria solicitado testemunhas com qualquer vídeo amador para comparecer à delegacia, aparentemente em um esforço para ajudar esclarecer o incidente. 

Atenção, as imagens do vídeo a seguir são fortes:


Related posts

Leave a Comment