F1 | Renault elege Red Bull como “time oficial” e promete motor forte para 2015

O Diretor esportivo do braço da Renault na Fórmula 1, Cyril Abiteboul foi trazido de volta pela montadora após uma passagem pela Caterham como uma das figuras principais do projeto de reerguimento do motor francês para a temporada 2015. E uma das primeiras medidas de Abiteboul foi assumir a Red Bull como equipe preferencial da montadora, colocando os outros times parceiros – Toro Rosso, Caterham e a Lotus – como coadjuvantes.
– Nos últimos anos, a Renault tentou tratar suas quatro clientes de forma igual. Do ponto de vista da Caterham, onde eu trabalhava há um ano, foi bom. Mas para a Red Bull, foi contraproducente. Agora, nossa equipe de fábrica se chama Red Bull – declarou o engenheiro ao jornal alemão “Auto Motor und Sport”
Abiteboul rechaçou os boatos de que a Red Bullestivesse procurando outra fornecedora de motor e também pediu pela mudança do regulamento da Fórmula 1 que congela o desenvolvimento dos propulsores. Atualmente, as montadoras não podem alterar suas unidades de força durante a temporada para melhorar a performance, apenas por questões de segurança e confiabilidade. A Ferrari é outra equipe que defende o afrouxamento das regras restritivas.
O engenheiro também garantiu um motor mais potente  em 2015:
– Fizemos um levantamento que vai nos permitir faze rum monte de mudanças (para 2015), já que será permitido mudar até 48% da unidade para o próximo ano. E pretendemos mudar os 48% – prometeu.

Related posts

Leave a Comment