GP2 terá asa traseira móvel em 2015

A GP2 irá adotar o DRS, ou Drag Reduction System, o sistema de asa traseira móvel usado na Fórmula 1 para aumentar a quantidade de ultrapassagens, possibilitando que o carro que está imediatamente atrás do seu concorrente possa ganhar alguns km/h a mais em pontos pré-estabelecidos dos circuitos auxiliando na manobra de ultrapassagem.

Um carro com o dispositivo será testado na Europa em Outubro e depois em Dezembro durante a pós-temporada no Oriente Médio. Responsável pela categoria, Bruno Michel explica o motivo pela adoção do sistema. “Nós sempre falamos que a GP2 era capaz de produzir grandes corridas sem o uso de dispositivos como este e em 2014 novamente estamos vendo isso”, disse Bruno.

“Entretanto precisamos continuar no nosso caminho que é formar os pilotos para a Fórmula 1 e como ela está constantemente evoluindo não podemos ficar com o mesmo carro por muito tempo. Com isso em mente, pensamos que adotar o DRS era a melhor desenvolvimento técnico e estamos discutindo com as equipes já faz mais de um ano”.


“Todos são favoráveis e estamos trabalhando na melhor forma que adicionar o sistema sem gerar um impacto grande financeiro. Agora que o encontramos vamos adotá-lo e usá-lo da mesma forma que a Fórmula 1 faz”, encerrou Bruno Michel.

Related posts

Leave a Comment