Porsche tira hegemonia da Audi e vence 24 horas de Le Mans

O piloto Nico Hulkenberg fez história ao vencer com a Porsche a 83ª edição da tradicional prova 24 horas de Le Mans. Hulkenberg é o primeiro piloto da F-1 em atividade a vencer a corrida desde 1991, que teve vitória de Johnny Herbert e Bertrand Gachot.

Com 56 carros inscritos em quatro categorias, o trio da Porsche, Hulkenberg, Earl Bamber e Nick Tandy cruzaram a linha de chegada na primeira colocação da LMP1 após 395 voltas e mais de 5.300 km percorridos.

O resultado pode ser considerado histórico, já que o Porsche 919 Hybrid viu o concorrente Audi R-18 e-tron quatro vencer as últimas três edições da prova. Desde 2000 a Audi domina a prova, sendo derrotada apenas nos anos de 2003 pela Bentley, pois não levou equipe oficial, e 2009 pela Peugeot.


Hulkenberg e a Porsche assumiram a liderança na oitava hora da corrida, momento decisivo da prova, já que, após entrada do safety car, dois carros da Porsche e dois da Audi passaram brigar diretamente pela liderança. Hulkenberg assumiu a ponta, abriu vantagem e entregou o carro para Tandy, que depois passou para Bamber. Por fim, o piloto da Force India recebeu o carro novamente com quase uma volta de vantagem para o segundo colocado.

O pódio da categoria principal foi completado pela Audi de André Lotterer, Benoît Tréluyer e Marcel Fässler. O brasileiro Lucas di Grassi foi apenas o quarto colocado.

Já na categoria LMP2, Nicolas Lapierre, Richard Bradley e Matthew Howson, da Nissan, largaram na pole position e liderou até o final sem grandes problemas. Na GTE Pro, Oliver Gavin, Tommy Millner e Jordan Taylor, da Corvette, brigaram com Aston Martin e Ferrari, mas saíram vencedores.

Por fim, emoção na GTE Am, pois o Aston Martin do canadense Paul Dalla Lana liderou até a 23ª hora, quando o piloto bateu na entrada dos boxes. A vitória caiu no colo de Victor Shaytar, Andrea Bertolini e Aleksey Basov, da Ferrari.

Related posts

Leave a Comment